Posts Tagged ‘pernambuco poeta’

h1

Loucura minha

agosto 6, 2008

Loucura minha

Se fui colecionando decepções

ponho tudo no mesmo prato e vou comendo
Aí bebo um copo de loucura, embriaguez e narcisimo
Então vou dançando na chuva

Brincando de ser menino

Eu sozinho sou maior que o seu mundinho

Eu prefiro o tédio a ter que fingir estar bem ao lado desses ratos

Eu não deixo encantar por flautas

Prefiro a guitarra queimando em chamas louras

Enquanto a minha sordidez me deixa feliz

Uma boa conversa, poesia,

os negros cantando loucamente nos telhados

E a fumaça crescendo

Ela falando de platonismo eu sentindo por ela

Ela sorrindo e o carro partindo

Enquanto a minha tristeza, por não tê-la outra vez mais, me deixa feliz

Anúncios